Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PAPA LETRAS

Os comentários de uma assumida leitora compulsiva.

Os comentários de uma assumida leitora compulsiva.

PAPA LETRAS

30
Dez17

AS DUAS ÁGUAS DO MAR - FRANCISCO JOSÉ VIEGAS


Ana Mafalda Salvado

Rapidamente foi uma ideia que ganhou forma e se concretizou através duma encomenda.

Este é o primeiro livro do género policial criado por este senhor dos sete ofícios.

Dois crimes em localidades bem diferentes - Finisterra e Açores -, os quais estão interligados e são investigados por uma dupla bem curiosa.

Os investigadores Jaime Ramos e Filipe Castanheira tentam encontrar respostas para o que sucedeu.

Jaime Ramos é uma figura e tanto. Quase um alter ego, também ele é um apaixonado da culinária e dos bons charutos.

As descrições dos cozinhados estão soberbas, a pontos de me crescer água na boca em algumas delas.

O poder das descrições das paisagens é quase feita numa linguagem que roça o poético.

Algumas reflexões de certas personagens têm laivos de filosofia e estão de se lhes tirar o chapéu.

No final ficou-me um travo de doce e amargo e uma tremenda vontade de começar o livro seguinte.

26
Dez17

RAPAZES DE ZINCO - SVETLANA ALEXIEVICH


Ana Mafalda Salvado

Recolha de depoimentos impressionantes, crús, violentos e quantas vezes comoventes, em que o cenário foi a guerra do Afeganistão!

E não é que a autora se viu a braços com a justiça, por querer expôr a verdade nesta guerra que teve tanto de estúpida como de inglória?

Para certas mentalidades e regimes, o dizer e escrever a verdade é algo de escandaloso e impensável!

E quem pactua com os ditames sofre muitas vezes em silêncio e cobardemente enterra a cabeça na areia!

19
Dez17

COM O MAR POR MEIO, UMA AMIZADE EM CARTAS - JORGE AMADO E JOSÉ SARAMAGO


Ana Mafalda Salvado

Dois grandes nomes no mundo das letras e que eu aprecio enormemente há muitos anos.

Foi uma daquelas amizades em que até as respectivas mulheres tiveram um papel determinante - Zélia Gattai e Pilar del Rio.

As companheiras de vida e eternas namoradas de quem eles se orgulhavam e com muita razão.

As trocas de correspondência pautadas por uma enorme e recíproca admiração e muito afecto nas palavras. Algumas não deixam de ser comoventes.

Muito gostaria eu de ser mosca para lhes poder ouvir certas conversas quer em Salvador, quer em Lanzarote.

Além de tudo o mais, este pequeno livrinho tem um acervo fotográfico e tanto.

Desconfio que será merecedor de mais umas releituras.

18
Dez17

CONTOS DE EVA LUNA - ISABEL ALLENDE


Ana Mafalda Salvado

E lá vêm de novo aquelas mulheres que bastas vezes são autênticas figuras de epopeia.

Alguns contos roçam quase o sobrenatural.

Amores e desamores, abençoados uns e almadiçoados outros.

De novo faço a minha vénia a esta excelente contadora de histórias.

14
Dez17

PARA LÁ DO INVERNO - ISABEL ALLENDE


Ana Mafalda Salvado

Como sempre, esta autora é uma excelente contadora de histórias, em que cada personagem feminina e à sua maneira particular são verdadeiras forças da natureza.

Duas mulheres de diferentes idades e um homem juntam-se quase por um acaso do destino durante um forte nevão, partilham confidências e vivências e conjugam esforços numa causa que se tornou comum.

Já vai sendo um hábito na leitura de alguns dos seus livros, o facto de passar por todos os estados da natureza à medida que vou lendo as suas palavras e as suas descrições.

Valeu a espera depois da sua encomenda ao Círculo de Leitores.

Sem dúvida nenhuma, fui agradavelmente recompensada com sensações muito agradáveis nestes últimos dias.

10
Dez17

CENAS DA VIDA AMERICANA - CLARA FERREIRA ALVES


Ana Mafalda Salvado

Já há há muito que admiro esta senhora como comentadora. É uma daquelas figuras agradavelmente incómodas, muito lúcida e sem papas na língua.

Este livro nasceu de uma seleção de textos escritos e publicados desde a "era Reagan", até à era actual dominada por uma anedota que dá pelo nome de Donald Trump.

A autora conhece sobejamente bem a América e o povo americano, nutrindo por ambos aquela relação que toca os extremos e oscila quantas vezes por entre o amor e o ódio.

07
Dez17

LENINE, O DITADOR - VICTOR SEBESTYEN


Ana Mafalda Salvado

Uma exaustiva e muito bem elaborada biografia deste homem que foi o "pai" da Revolução Russa, a qual completou 100 anos de existência. Adorado por uns e odiado por outros.

Sem conselho prévio, em cada página lida e voltada a aquisição deste livro revelou-se um tiro bem certeiro e uma mais-valia para a minha biblioteca pessoal.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D